sábado, 28 de novembro de 2009

Internet sem idade

Confira uma entrevista com a simpatica dona Matilde, uma senhora que usa a Internet e entende bem do assunto

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Pra melhorar tem que opinar

A grande preocupação dos mais antigos quando se fala da internet, é saber até que ponto publicar o que se pensa sobre determinada pessoa, lugar ou situação, não vai expor nem prejudicar ninguém. Um fato atual, relacionado a isto, que aconteceu a menos de 15 dias, foi o caso Boteco São Bento, onde o blog Resenha em 6, conhecido por publicar resenhas de filmes, CDs, DVDs, livros, shows, botecos, restaurantes, programas de TV, enfim, tudo o que os seus criadores pensam, em mais ou menos seis linhas, fez uma crítica a um barzinho da área nobre da cidade de São Paulo, no bairro Vila Madalena. Mas o que eles não contavam é que um dos donos do estabelecimento tivera lido essa crítica e ameaçado processar o blog caso a resenha não fosse tirada do ar em 24h.
Contudo, uma grande questão fora levantada por diversos
internautas, até que ponto vai a liberdade de expressão na internet? Um tempo depois de ter ocorrido todo este alvoroço, o apresentado Luciano Huck, publicou em seu twitter o seguinte post: “Fomos ao cinema, filme ok. Mas o cinema uma merd@#&. Não vá ao Cinemark do Downtown no RJ. 2 funcionárias, coitadas, para TODO público”. Acredito que o Cinemark não vai ameaçar alguém que tem mais de um milhão de seguidores em uma rede social por ter publicado uma opinião sua, afinal de contas é bem provavel que este seguidores visitam sua pagina com frequência. Claro que a atitude dos mentores do Resenha em 6 de usar palavras não tão louváveis, não foi lá a mais clássica dá ética de se expressar, mas este é o gênero do blog e certamente os seus leitores apreciam tal característica. Porém, se a moda se espalhar, não sei onde ficará a censura zero que existe na internet, porque se toda pessoa que não aceitar uma crítica relacionada a si mesma, ou a algo que lhe pertence, não haverá justiça que consiga resolver os conflitos da humanidade.
Não é
maçante lembrar que a origem do blog, era um diário eletrônico, que para alguns, principalmente para as garotas, substitui o tradicional diário, presente que toda vovó dava na infância. A finalidade deste, era para que ela se expressasse, conta-se ali tudo o que sentia, pensava ou imaginava. É claro que ninguém sairá por aí contanto tudo que acontece em sua vida, afinal de contas, diferente de um diário, o mundo inteiro tem acesso aquilo que você pensa. Mas o blog é o seu mundo, você coloca ali o que pensa, o que sente, o que imagina, e apenas pessoas que pensam como você frequentaram o seu blog, porém a grande sacada é saber criticar e não ofender. Talvez se o Resenha em 6 tivesse usado tais comparações e não palavrões, teria tido uma crítica construtiva, mas ainda ressalto, que seus leitores o admiram pelo estilo despojado com que eles escrevem e por isto escrevem o que escrevem. Talvez por isto, acredito que a atitude de não manter o post no ar até foi um ato de sabedoria, pois ainda que tenha agido por impulso de não ter sido bem atendido e julgar de ter má qualidade os produtos oferecidos no estabelecimento, o grande intuito era expressar e não polemizar. Alguns podem argumentar: Ok, mas esta atitude demonstra que o blog foi conivente com as ameaças, não são capazes de lutar pela liberdade de expressão. Neste caso, não retrucar a ameaça repercutiu muito mais que levar a polemica adiante, pois a chamada blogosfera se uniu e não admitiu que as suas opiniões fossem caladas por quem não aceita buscar a melhora. De um blog, a resenha passou para twitter e demais blogs, sem que nenhum esforço fosse feito, a opinião se espalhou e não foi possível os proprietários do Boteco São Bento impedir que a internet se calasse.
Não só simples cidadãos, mas as empresas, escolas,
ONGs, governo, restaurantes e botecos, ou seja, todos estão buscando se adaptar a agilidade e acessibilidade de informação que a internet disponibiliza, por isso, a dica ao responsável pelo Boteco São Bento que ameaçou o blog em questão deveria utilizar a crítica para construir um melhor atendimento em seu estabelecimento, e ver-se longe da mira de criticas como esta, afinal de contas caiu na internet, caiu no mundo. Já ouvi várias pessoas que não gostaram de comentários, ou alguma outra publicação ao seu respeito e entrou em contato com o responsável pelo post e teve um acordo passional, e tudo foi solucionado. As regras de tentar resolver tudo com uma boa conversa, não é válida apenas no real, mas também no virtual.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Pérolas do Orkut, raridade de Araçatuba

A internet é a mídia que dá espaço para pessoas com ideias e um pouco de dedicação a conquistarem, de maneira bem simples e barata, negócios que outros veículos não proporcionam. Foi o que ocorreu com o araçatubense Igor de Sousa, de 25 anos, que contou um pouco de sua experiência profissional, que nada mais é, ganhar dinheiro através de fotos engraçadas, ou até mesmo inimagináveis, do maior site de relacionamentos brasileiro, o Orkut.

No auge do Orkut, Igor começou a reparar em algumas fotos bizarras que se deparava durante sua navegação pelo site, com isto surgiu a ideia de criar um blog contendo “Pérolas do Orkut” (www.perolasdoorkut.com), onde só postaria fotos engraçadas, que tivessem algo que realmente chamasse a atenção. Porém ele não imaginava que esta Ideia lhe renderia tanto acesso. “No começo eu passei o link para um amigo, que passou para um outro, e outro e fui divulgando, até que um dia bombou” conta. No início do blog, Igor tinha que ir atrás das fotos, buscar, como todo começo, foi bem trabalhoso. Mas, com a conquista da popularidade, e as pessoas achando interessante e valorizando o principal objetivo do blog, que era demonstrar de forma descontraída o que era postado no Orkut, o trabalho de “busca” foi diminuindo, hoje o Pérolas conta com mais de 100 e-mails diários onde as pessoas querem ter suas fotos postadas no blog. O critério de administração que ele usa, é aquilo que as pessoas vêem mais, aquilo que dá mais audiência. Por isso a página se tornou um sucesso, pois não pretende colocar textos cansativos, que muitas vezes dispersa o internauta, mas apenas fotos, para que as próprias pessoas possam escrever o que pensam sobre o que elas estão vendo. Igor conta que na atual popularidade em que se encontra o blog, já não é possível liberar todos os comentários, afinal hoje existe 20 categorias e cada uma delas é abastecida por 4 fotos diárias e cada uma dessas fotos carregam cerca de 60 comentários diários, e estes comentários são moderados no dia seguinte, porém, os comentários feitos em fotos antigas já não são possíveis uma leitura, tendo em vista do enorme número e apenas uma pessoa para administrá-lo. “Eu tinha duas pessoas que me auxiliavam, eu até pagava uma remuneração, mas isto não deu certo”, diz Igor.

O blog obteve tantos acessos que o seu servidor não suportou tamanha visita, obrigando a migração para um provedor de maior capacidade, afinal de contas, hoje ele chega a uma faixa de 30 mil acessos por dia, mas o seu recorde já chegou a 50 mil acessos num único dia. Porém, com tanto acesso já era hora de pensar em algo profissional, de como ganhar dinheiro com isto?! Igor fala da Google com um grande entusiasmo, para ele o site dá um espaço muito grande quem pretende ganhar um lucro na internet. “O Google tem um peso muito importante para os blogueiros”. Todo este pensamento veio a partir do momento em que a Google disponibilizou um cadastro onde você inscreve o seu blog e na medida em que os visitantes vão aumentando, a publicidade ganhe espaço na sua pagina e você ganha dinheiro por acesso ou cliques na propaganda. Todo este sistema de afiliadas lançada pela Google, foi o que salvou os blogueiros, é daí que ele tira o seu sustento e vive apenas de cliques pela internet, trabalhando em torno de 1 ou 2 horas diárias, para postar fotos e ler e-mails e comentários em fotos. Igor conta que já vendeu espaço publicitário no Pérolas por conta própria, em dois anos de blog só lhe rendeu 2 anunciantes. Antes da crise ele arrecadava entorno de 8 mil reais mensais, recebidos em depósito bancário pela Google, para manter uma atualização diária do blog, porém, entorno de janeiro de 2009, sua renda caiu cerca de 50%.

Igor não trabalha com outra coisa que não seja blogs, formado em ciências da computação, ele tem investido a renda do Pérolas e de seus outros dois sites que não mandam de uma atualização diária, o www.webfrases.com que publica frases e pensamentos de diversos autores sejam eles conhecidos ou anônimos, e o www.recados.com, que também deve a sua existência ao senhor Orkut, pois o ele armazena mensagens com gráficos de alta qualidade, para inserir em scraps no próprio site de relacionamento, para uma especialização profissional de seu gosto, somando a remuneração destes dois ao do Pérolas, foi o que lhe possibilitou a ser pós-graduado em economia pela UEL (Universidade Estadual de Londrina) e estar cursando sua segunda pós, agora com especialização em marketing, na mesma universidade.

No final da entrevista, Igor ainda aconselha aos que pretendem ganhar dinheiro através do seu blog. A dica é buscar algo inovador, com um designe interessante, com bastante conteúdo, mesmo porque manter um blog não é uma tarefa fácil, pois precisa de muita disposição para ter uma atualização diária. Para ele a ferramenta fácil de manusear é o wordpress, que não exige um conhecimento profundo em HTML, e o resto é se divulgar.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Tímida no real, extovertida no virtual

A Internet tem dado espaço que a tv, o rádio e a revista não proporcionavam para as pessoas exporem as suas ideias, seus pensamentos e talentos. Hoje, a tão falada web 2.0 valoriza essa interatividade que permite qualquer pessoa, dos quatros cantos desta terra, passar para o mundo o que ela pensa. O bombardeio de diversas informações fez surgir pessoas inusitadas, fazendo com que o famoso “quinze minutos de fama” se tornasse o dito mais vivo em desta geração.

O Youtube, um canal onde qualquer pessoa pode postar o seu vídeo, seja ele profissional ou amador, se tornou o maior gerador destes novos talentos, após ter uma popularização de seus vídeos. Talentos estes, que não se limitam apenas às pessoas de grandes capitais ou outros países. Para comprovar isto, a aluna do oitavo semestre de direito do Centro Universitário Toledo, Lúcia Pastollero, repartiu com os alunos do curso de jornalismo, como é a experiência de ter vídeos bem acessados por pessoas de diversas partes do planeta.

Com mais de 151 vídeos publicados em seu canal do youtube, a universitária contou que tudo começou numa brincadeira, quando ela estava em seu tempo livre e resolveu se expressar com uns de seus talentos, que é tocar. Por gostar muito da trilogia “O Senhor dos anéis” ela gravou um vídeo tocando uma das músicas da trilha sonora do filme, a canção “The Lord of the Rings Soundtrack”( http://www.youtube.com/watch?v=tmEjJtH8Ea4 ). O video é tão bem aceito que atualmente ele contem mais de 160 mil exibições. De todas as suas publicações, o vídeo em que ela imita um personagem de desenho animado, o Pikachu(http://www.youtube.com/watch?v=QMMXL1R3DP0 ), obteve 200 mil exibições. “eu não achei que a imitação do pikachu tenha ficado tão legal, mas as pessoas gostam”, conta.

Lúcia conta que esta ferramenta a inspirou para postar o seu dia a dia na internet, pois ela quer mostrar no virtual tudo aquilo que muitas vezes não consegue ou não tem oportunidade de passar no real. “Eu procuro fazer os meus vídeos quando estou triste ou intediada”, diz com intusiasmo. Ela diz que não posta vídeos só por postar, mas que tenta passar uma mensagem as pessoas, para que todos aproveitem o seu dia, pois sempre há algo bom no dia para ser registrado. Ela também acredita, que de uma certa forma, ela está execerndo a sua arte, cantando, dançando, interpretando e mais importante, criando.

Ao contrario do que se pensa ou do que se espera, ela não busca uma fama virtual como tem ocorrido, mesmo que atualmente ela tenha 490 pessoas que assinam seu canal, um número bem considerável, diga-se de passagem, o seu grande objetivo é se expressar, mostrar os seus talentos e fazer grandes amizades com pessoas de outros países. "Mesmo que um dia eu não tenha mais assinantes, eu continuarei postando, não por fama, mas porque gosto".

Para quem quiser conhecer os seu vídeos, vale a pena dar uma passadinha no seu canal do youtube e conferir as ideias desta tímida menina http://www.youtube.com/lucirello

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Algo como um amigo!


Eu recebi esta mensagem por e-mail e vou posta-la aqui, creio que ela tem tudo a ver com as amizades de hoje. Isto vai para todos os meus amigos:

Ah!! Amizade, não se pode descrever as milhares de fases de uma amizade, muitas começam com apenas um olhar, outras depois de muita rivalidade e disputa. Podemos afirmar que temos vários afetos, pessoas que são especiais para nós, mas sempre haverá um que nos enche o saco, discute, briga, te dá apelidos horríveis, que quando você se da mau ele é o primeiro a chegar em você e falar: Dançou Mané! Não de uma forma para atingir de alguma maneira, mas na pior das hipóteses mostrar “to aqui” “conte comigo” “eu te disse né!?”.
Quantas vezes não ficamos com raiva, e a primeira pessoa que vem nos ajudar sempre acaba levando a pior! Mas é o preço da amizade, saber aguentar o Mala do amigo!(rsrsrs)
Em nossa sociedade, vemos o grau de amizade das pessoas da forma como se chamam. Por exemplo, o cara chega no Bar e da um berro para um outro “Falaaa seu viadoo” ; “se ta parecendo uma bichona” e o outro de uma forma mais carinhosa “Eaiii senhor fui no banheiro e catei 11”.
Particularmente sou uma pessoa que tive vários melhores amigos, mas poucos souberam quem eu sou, e apenas um me escutou chorar quando mais desesperado estive, e tudo o que ele me disse foi apenas um....uhn..ele não me disse nada, apenas ficou do meu lado sentado na calçada de sua casa enquanto tentava agradecer pela melhor conversa que já tive em toda minha vida, mesmo sem ter falado uma palavra.
Muitas vezes a nossa amizade é botada em teste, e em muitas vezes não passamos por ele, muitas vezes não escutamos eles quando estamos cegos diante de uma situação na qual achamos que estamos com o controle, mas na verdade estamos a deriva, e não queremos admitir que ele apenas está fazendo seu papel de amigo.
Se eu morrer amanhã eu vou poder chegar para o desconhecido e dizer: Eu tive amigos, eu fiz coisas do tipo:

- Tocar companhia e sair correndo
- Comer 8 cachorros quentes para ver quem comia mais (eu quase sempre perco nesse tipo de disputa)
- Colocar 36 chicletes para ver quem era mais idiota
- Sair correndo sem motivo
- Sair correndo da diretora
- Brigar pela mesma menina
- Pedir desculpa por estar brigando pela mesma menina
- Jogar futebol depois de uns 5kg de churrasco
- Biribol nas tardes de domingo
- Afogar seu amigo no mar pela primeira vez que ele vai
- Ir para andar no estádio, e ficar sentado falando da vida dos outros
- andar de bicicleta e ser atropelado por um carro e uma moto ao mesmo tempo!
- Arranjar namorada pela internet a 800km de casa e ir ver ela sem avisar os pais
- Fazer churrascos
- Ir em shows épicos
- Ir em shows bizarros
- Noites em claro jogando Banco Imobiliário
- Semanas sem se ver porque alguém roubou no Banco Imobiliário e deu briga
- apostar quem leva mais fora
- quem tem a pior cantada
- comprar uma pizza e uma coca no Habbis e comer na Av. toda quinta.
- Sair de casa pela primeira vez
- Voltar novamente para casa
- Ir embora novamente, mas dessa vez com a certeza de que não vai voltar


E depois de listar tudo isso, ficou faltando um negocio, às vezes em que eu disse que esse amigo era especial para mim, que eu defenderia ele até o meu maximo, e que eu sentia muito de não ter dito milhões de vezes isso, e sim apenas uma vez!
Como disse uma vez Oscar Wild “Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos. Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.”
Mas em nosso mundo, os valores morais não são mais visto como deveriam, não sabemos se temos amigos por interrese, vaidade, ou outra coisa, onde o dinheiro começa a valer mais que um simples “vamos amigo, eu te ajudo”


Tiago Bariani (adaptação minha)

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Férias

Caramaba, como eu estava esperando por esse dia!
Olha, posso garantir para vocês que ter esta jornada tripla que tenho, não é nada fácil!
Administrar faculdade, serviço, amizades, família, ministério, igreja, inglês e tudo mais, é algo para poucos. Eu mesmo paro e penso que as vezes não darei conta, mas aí me lembro que sou jovem e jovem está aqui para isso mesmo, aguentar tudo, pois somos fortes (rs)
Como prometi há muitos e a mim mesmo, pretendo postar e visitar muitos blogs nestas férias, ainda com pouco tempo que tenho, mas mesmo assim farei o possível. Só passei para registrar o meu retorno e dizer, não deixem de ir ao cinema, rsrs. Eu amo o cinema pena que as aulas me impedem de ir, mas nada que as férias não proporcione.
Aproveitando a deixa, faço uma propaganda da mulher invisível, não é dos melhores filmes, mas tratando de um filme nacional é bem interessante. Conta a história de uma mulher imaginária, sabe aquela que todo homem quer, linda, perfeita que te entende não fica te enchendo de perguntas e faz tudo o que você quer? Então, é essa mesmo, essa que não existe, que é o tema do filme. Vale a pena tirar a mão do bolso e ir até o cinema conferir, eu já fui e recomendo!
É isso galera, até mais!

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Blog

A internet é a maior ferramenta de interatividade que existe atualmente, tudo pode ser encontrado nela, de textos a vídeos. Uma ferramenta que tem conquistado espaço e atenção neste mundo virtual é o blog. Este espaço é um lugar onde muitos podem expor suas idéias, contar sua vida ou até mesmo trocar informações. Ele vem conquistando sua popularidade a uns cinco anos, inicialmente usado por muitos como um diário virtual, dando espaço para as pessoas poderem colocar fotos e receberem comentários a cada postagem.
Esta ferramenta se modernizou, liberando não apenas a postagem de textos e fotos com se fazia no seu inicio, mas agora outros suprimentos como vídeos também são possíveis ser postado em blogs.

Agora o blog ganha o olhar de um tipo diferente de internauta, os jornalistas. Para eles esta tem sido uma ferramenta de trabalho onde se troca informação e muitas vezes buscam informação. Este profissional tem encontrado no blog uma saída para escrever seus textos sem limites de linhas, pois como já citado, é um espaço onde as pessoas têm espaço para expor suas idéias sem que a política da empresa possa interferir no resultado final do trabalho. Mesmo porque esta é uma ferramenta específica para os que procuram uma boa leitura, pois querendo ou não, os blogs são ricos de textos.
O Blog pode se tornar uma ferramenta para o jornalista que não deixa a desejar dos portais de notícias de uma grande empresa, pois não existe uma política que dificulta o internauta postar suas matérias. Ele mesmo pode correr atrás da notícia, presenciar o fato e postar em seu blog. Para deixá-lo mais rico é possível postar imagens, vídeos ou até mesmo enquetes, ou diversas formas de deixar um blog bem trabalhado. Estas ferramentas estão presentes no jornalismo online, ao entrarmos em um bom site de noticias logo vemos vídeos, fotos e interatividade.
Hoje já existem muitos blogs especializados, que como o próprio nome sugere, abordam diferentes temas de um mesmo assunto. Este tipo de blog para o jornalismo não iria se distanciar do famoso jornalismo especializados, paginas que tratam de futebol, culinária, religioso e etc. Conquista um público alvo e muitas vezes traz proximidade do internauta com o blogueiro, pelo fato de todos terem acesso a comentários.
O grande lance do blog para o jornalismo, é que o custo para mantê-lo é tão pequeno que muitas vezes nem chega a ser considerado. Em outras mídias como no jornal impresso, existe dispesas como manutenção de máquinas de impressão, tintas, papéis, e etc. No caso desta ferramenta, o maior obstáculo seria o anuncio da publicidade para manter redatores ou até mesmo jornalista avulso. Isso não diferencia dos demais veículos, pois o patrocínio vai surgindo de acordo com a audiência

domingo, 24 de maio de 2009

No ritmo da Noruega

Quem me conhece sabe que sou fanático por dança. Quase todo o tipo de dança me atrai. Ás vezes até arrisco uns pacinhos pra lá e pra cá, mas nada com grande destaque!
Não é o que posso dizer desses dançarinos noruegueses. Meu, os caras tem muito condicionamento fisco. Misturam uns break com dança norueguesa e tals.
Tudo isso ocorreu num festival de música na Noruega, claro que eles não são os personagens principais, o foco é o concorrente chamado Alexandre Rybak, que por sinal ganhou a disputa!
Bom, acho que um dia eu chego lá..rsrss

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Primeiro Passo!


Tudo na vida precisa ter um começo, na minha vida não é nada diferente, tenho q dar o primeiro passo em todas as coisas que eu fizer. Mas este passo fica tão difícil quando se trata de um desafio. Tudo bem, confesso que este não é lá um daqueles desafios cabeludos, onde você perde o seu cabelo para resolvê-lo, afinal de contas manter um blog é uma tarefa tanto quanto interessante, onde você cria seu próprio espaço, expõem suas ideias cria seu mundo.
Sem mais de longas, vamos ao assunto. Cheguei a conclusão que a melhor maneira de começar meu blog, e falar daquilo que amo e dá gás para o meu dia-a-dia, a indispensável, música!
Os escolhidos da vez foram os caras do Switchfoot. Acho que nem todo mundo conhece mas esta é uma banda consagrada no cénario gospel, principalmente por tem algumas canções em filmes como "Homem Aranha" e "Um amor para recordar".
Eu não saberia escolher um nome melhor para banda senão Switchfoot, que é uma manobra utilizada no surf, afinal os caras são da Califórnia e esse contado com a pranchona não é de hoje. John Foreman, vocalista e guitarrista da banda, diz em entrevista Jesus Freak Hideout: "Nós gostamos de surfar e surfamos a vida toda, então para nós, esse nome faz sentido."
Tenho um carinho mt especial por esta banda, pois me lembro de uma grande (porém pequena...rsrs) amiga. Meu objetivo era postar aqui um vídeo da banda, para poderem conhecer, mas como não consegui vou colocar a foto mesmo. Espero que vocês gostem e que eu tenha conseguido dar um excelente primeiro passo!




quarta-feira, 13 de maio de 2009

Welcome

Ao entrar feche a porta!

Esta é minha mensagem de recepção aos visitantes e até mesmo a mim. Este é o meu primeiro blog e vamos ver o que isso vai virar

Sejam todos bem-vindos!